Home / Turismo / Voo Recife-Miami pela Latam será inaugurado em setembro

Voo Recife-Miami pela Latam será inaugurado em setembro

 A partir do próximo dia 24 de setembro, Pernambuco vai ganhar um novo voo ligando o Recife à Miami. A notícia foi confirmada nesta quinta-feira (14), pela presidente do grupo Latam, Cláudia Sender, e pelo governador Paulo Câmara, durante cerimônia no Palácio do Campo das Princesas. O novo voo será operado por um Boeing 767, com capacidade para transportar 191 passageiros na Classe Econômica e mais 30 na Classe Premium Business. A frequência será semanal, saindo do Recife e de Miami sempre aos sábados. As passagens para o voo inaugural já começaram a ser vendidas para a cidade do estado da Flórida, nos Estados Unidos.

image(1) “Lançamos hoje mais uma rota direta para os Estados Unidos a partir de uma cidade brasileira, apesar do difícil cenário econômico no Brasil, o que comprova que é possível avaliar a viabilidade e as oportunidades de cada região, principalmente se houver diálogo com esses mercados para construir importantes alianças”, afirma Claudia Sender, presidente da LATAM Airlines Brasil. “Estamos sempre atentos às necessidades dos clientes, que são os maiores beneficiados com a agilidade e a conveniência proporcionadas por lançamentos como este”, completou.

A chegada do novo destino Recife-Miami vem para consolidar um mercado característico em Pernambuco, que possui um voo da American Airlines para a cidade americana, previsto para retomar as atividades em 15 de dezembro deste ano. No caso da Latam, a confirmação do trecho marca o segundo destino internacional da companhia operado desde o Recife. Em 2015, foi inaugurado o voo direto para Buenos Aires, na Argentina, que mantém uma ótima representatividade de ocupação e refletiu no resultado de crescimento do número de turistas argentinos no Estado – só nos primeiros cinco meses de 2016, 30 mil argentinos desembarcaram em Pernambuco, 83,5% dos 12 meses de 2015.

Com a confirmação do trecho, Pernambuco passa a ter nove voos internacionais: Recife-Lisboa (TAP), Montevidéu (GOL), Buenos Aires (LATAM e GOL), Cabo Verde (TACV), Frankfurt (Condor), Cidade do Panamá (Copa Airlines) e Miami (Latam e American Airlines – voo marcado para retomar as atividades em dezembro deste ano). “A representatividade da Latam no cenário da aviação é enorme e, por isso, ficamos muito satisfeitos em poder anunciar mais um voo internacional desta companhia aqui no Estado. O público pernambucano se acostumou a viajar frequentemente para Miami e agora terá mais uma opção confortável de chegar aos Estados Unidos sem precisar fazer conexões.”, avaliou o secretário Felipe Carreras.

imageOs americanos estão entre os cinco principais destinos emissores de turistas para Pernambuco. Apenas nos primeiros cinco meses deste ano, cerca de oito mil turistas americanos visitaram o Estado. A maioria é do gênero masculino (66%), tem entre 41 e 50 anos, e viaja sozinho (56%). Cerca de 32% dos americanos viajam para Pernambuco a lazer, e, entre estes, 20% buscam os destinos de sol e mar. O gasto médio individual dos que viajam a lazer é de R$ 280,93. A intenção de voltar ao Estado é de 93%. Os principais meios de hospedagem dos turistas americanos são hotéis, flats e pousadas, totalizando 43%.

O bom momento da aviação reflete diretamente nos números do turismo. O Estado assumiu a ponta no Nordeste, passando os outros dois principais destinos da região, Fortaleza e Salvador. Em abril, o número de passageiros, entre pousos e decolagens, chegou a 528,5 mil, contra 496 mil (-6,2%) de Salvador e 418 mil (-21%) do Ceará. Em maio, a diferença aumentou e a liderança pernambucana se consolidou, com 523,5 mil em Pernambuco, 481 mil (-8%) na Bahia e 413 mil (-21%) no Ceará.

Os resultados dos dois últimos meses chegam em um momento importante e singular no turismo pernambucano. Isso porque o Estado tem se destacado como um dos poucos no País que tem evoluído. Nos cinco primeiros meses deste ano, Pernambuco recebeu 1,25% a mais de visitantes em relação ao mesmo período de 2016, com 2.627.010 contra 2.594.643, no último ano.

“Se levarmos em consideração apenas os estrangeiros, o aumento foi de 9,68%. A vinda de mais pessoas de fora do país, em paralelo com a desvalorização do Real em relação ao Dólar, fez com que o nosso Gasto Médio Individual (GMID) também desse um salto, de R$ 266,13 para R$ 285,02, um aumento de 7,1%”, afirmou o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco, Felipe Carreras.

O crescimento no GMID fez com que a receita turística sofresse um incremento de 11,29% nos meses de janeiro a maio, passando de R$ 3,1 bilhões para R$ 3,5 bilhões. “Neste momento de dificuldade financeira, o turismo parece ser uma saída prática e possível para contribuir com a recuperação da economia. Além de trazer dinheiro para o Estado, promove desenvolvimento, atrai investimento e gera empregos. O governador Paulo Câmara está trabalhando para que Pernambuco receba cada vez mais turistas e conquiste uma fatia maior no mercado turístico”, finalizou Felipe Carreras.

Além do embarque e desembarque de passageiros, outro ponto que precisa ser destacado são os números de destinos. Pernambuco chegou a 31 destinos, contra 22 de Fortaleza e mais 22 de Salvador.

 

Foto: Aluísio Moreira

Fonte: Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer de Pernambuco

Veja mais na Revista Receptiva

299956_660411_foto_1_web_

Férias e relax em um dos melhores parques de águas termais do país

Piratuba, no Oeste catarinense, é o destino ideal para quem busca tranquilidade nas férias; e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *