Home / Vinhos e Vinícolas / Teroldego e Touriga Nacional são as novas apostas da linha Armando Memória

Teroldego e Touriga Nacional são as novas apostas da linha Armando Memória

Com expertise em espumantes, Peterlongo, de Garibaldi (RS), começa a se firmar na elaboração de vinhos varietais de qualidade

                  Focada em restaurantes e lojas especializadas, a linha Armando Memória, da centenária Vinícola Peterlongo, acaba de ganhar dois novos varietais tintos: Teroldego e Touriga Nacional, ambos elaborados com uvas cultivadas em Bagé, na Campanha Gaúcha. As variedades são a grande aposta do winemaker da vinícola, enólogo francês Pascal Marty. Junto com ele, a enóloga Deise Tempass, acompanha o passo a passo que colocou a Peterlongo de volta na rota do vinho brasileiro.

Os lotes são exemplares da safra 2016. As uvas foram colhidas e selecionadas manualmente. Após a colheita e o desengace (separação da uva do cacho), foi realizada a pré-maceração a frio por sete dias numa temperatura de 10ºC. A fermentação durou 25 dias a 22ºC, seguida pela pós-maceração. Os vinhos permaneceram por 12 meses em barricas de carvalho francês e há seis meses foram engarrafados. “Cada vinho tem bom tempo de guarda, suportando bom envelhecimento. Tendem a evoluir ainda mais na garrafa”, garante a enóloga Deise Tempass.

Os novos sabores chegam em pequenas partilhas. Do Armando Memória Touriga Nacional são 2.500 garrafas e do Armando Memória Teroldego 3.300 garrafas. Os lançamentos já estão à disposição no mercado. O valor de cada vinho no varejo da vinícola é de R$ 65,90 a garrafa.

                 A linha foi totalmente repaginada no ano passado. Agora são cinco varietais tintos: Cabernet Sauvignon, Merlot, Tannat, Teroldego e Touriga Nacional.

 

OS VINHOS

 

Armando Memória Teroldego Safra 2016

Álcool: 13,0 %

Açúcares Residuais: 1,9 g/L

Acidez Total: 6,0 g/L

pH: 3,6

Apresenta aspecto visual de profunda coloração rubi intenso, denso e atraente. Grande expressão aromática que vai desde frutas negras maduras até notas bem pronunciadas de café e chocolate, com sutil toque defumado. Corpo imponente e robusto, com taninos suavizados e equilibrados pela passagem em barrica. Acidez e graduação alcoólica marcantes. Em boca, longa persistência com notas elegantes e sutis de torrefação.

 

 

Armando Memória Touriga Nacional Safra 2016

Álcool: 12,5 %

Açúcares Residuais: 1,9 g/L

Acidez Total: 5,6 g/L

pH: 3,6

Coloração rubi intenso com reflexos violáceos, É um vinho de excelente apelo visual. Destaque para abundância em aromas de frutas escuras como ameixa e mirtilo, além de notas que remetem à baunilha e noz moscada devido a passagem por barricas de carvalho. Vinho encorpado com boa graduação alcoólica, muita complexidade e excelente capacidade de envelhecimento. Os taninos são poderosos e robustos, mas ao mesmo tempo delicados, finos e elegantes. Bom volume em boca e excelente retrogosto.

 

Imagens: Carlos Ben  / Fonte: Conceitocom Brasil

 

 

Veja mais na Revista Receptiva

Peterlongo entre os campeões da Grande Prova Vinhos do Brasil 2018  

Vinícola conquista Medalha de Ouro para vinho e espumantes     A Vinícola Peterlongo, de Garibaldi ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *