Home / Turismo / Sedec investe em infraestrutura, qualificação e divulgação para atrair turistas

Sedec investe em infraestrutura, qualificação e divulgação para atrair turistas

No dia 13 de junho é celebrado o Dia do Turista, uma data para lembrar todos aqueles que desejam conhecer novos lugares, novas culturas, culinárias diferentes, que gostam de tirar um tempo para relaxar, deixar o stress do dia-a-dia de lado e sair da rotina.

Pensando no bem estar daqueles que, além de se divertir, geram renda e emprego nos lugares por onde passam, e atrair cada vez mais visitantes, o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), investe maciçamente para transformar a atividade em um dos principais pilares econômicos do Estado.

Para que essa estratégia se concretizasse foi criado o Programa de Fomento ao Turismo (Pro-turismo), que é dividido em três frentes de trabalho: Infraestrutura; treinamento e qualificação; e promoção e divulgação.

Infraestrutura

A infraestrutura é viabilizada pelo Programa de Desenvolvimento Sustentável do Turismo (Prodestur). Hoje são 19 obras turísticas em andamento e mais quatro aguardando aprovação do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que financia o programa.

Entre essas obras estão: a troca de 31 pontes de madeira por estruturas de aço e concreto na Transpantaneira, das quais 12 estão prontas e em uso; a revitalização do complexo Salgadeira, prevista para ter parte do projeto entregue à população ainda no primeiro semestre de 2016; a construção de centros de eventos, praça, pórtico e do Memorial Rondon, que deve ficar pronto no próximo mês; a ampliação de pistas de pouso de aeroportos, restauração e asfaltamento de ruas, avenidas e rodovias que interligam cidades turísticas, dentre outras.

O Prodestur é um programa criado e gerido pela Sedec, e executado em parceria com as secretarias de Cidades e de Infraestrutura, voltado a investimentos em infraestrutura turística para fomentar a atividade no estado. Os recursos que financiam as obras são provenientes de uma linha de crédito especial do BNDES com juros mais baixos. O programa todo totaliza R$ 278 milhões, sendo R$ 250 milhões advindos da instituição financeira e outros R$ 28 milhões de contrapartida do Estado.

Quando finalizarem a primeira fase do Prodestur, os técnicos da pasta começarão a trabalhar em uma segunda etapa do programa, que além de infraestrutura irá contemplar projetos de melhoria e implantação de atrativos turísticos.

Qualificação

A secretaria também promove, em parceria com o Sistema S, a Secretaria de Trabalho e Assistência Social, Universidade do Estado de Mato Grosso e prefeituras, cursos de qualificação para estruturar equipamentos turísticos, melhorando o atendimento e a oferta de serviços, tornando esses destinos mais competitivos.

Já foram realizados cursos de qualificação para guias de turismo, para profissionais de empreendimentos ligados ao setor como bares, hotéis e restaurantes e formação de guias em roteiros históricos, folclóricos e culturais.

Além disso está sendo implantado pela pasta o projeto Qualitur-MT que consiste em qualificar profissionais de turismo diretos e indiretos, nos municípios do Corredor do Ecoturismo que compreende as localidades do Pantanal, Cuiabá, Chapada dos Guimarães, Jaciara e Nobres.

Divulgação

A secretaria tem participado ativamente de feiras e eventos de renome nacional e internacional e ainda retomou, após oito anos, a Feira Internacional de Turismo do Pantanal, que recebeu cerca de 60 mil pessoas em sua primeira edição este ano.

VOE MT

A pasta também criou o Programa Estadual de Incentivo à Aviação Regional intitulado Voe MT, para estimular à implantação e expansão de linhas aéreas regionais, nacionais e internacionais em aeroportos e aeródromos do Estado com a redução da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para compra de querosene de aviação.

O objetivo é fomentar e democratizar o transporte aéreo, além de aumentar o número de cidades atendidas com voos regulares, o que impacta diretamente no turismo com a diminuição do tempo de deslocamento em um Estado de dimensões geográficas tão grandes como Mato Grosso.

Menos de um mês após a assinatura da Lei do Voe MT, sancionada em 21 de abril, durante a FIT Pantanal, a Azul Linhas Aéreas anunciou a implantação de dois novos voos no Estado, um para Sorriso, que terá início neste mês e outro para Barra do Garças que começa operar no segundo semestre.

Fonte: D`Laila Borges | Sedec-MT  Fotos: Gcom-MT/Chico Valdiner

Veja mais na Revista Receptiva

Beto Carrero World participa da FIT 2017

Maior feira de turismo da América Latina reuniu em Buenos Aires mais de 90 pessoas ...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: