Home / Turismo / Turismo em Carlos Barbosa – L’Amore Di Colonia encanta pela hospitalidade

Turismo em Carlos Barbosa – L’Amore Di Colonia encanta pela hospitalidade

caffe-di-helena-foto-maila-facchini casarao-foto-maila-facchini grupo-foto-maila-facchini igreja-foto-maila-facchini lamore-di-colonia-foto-augusto-vasconcelos-1 lamore-di-colonia-foto-augusto-vasconcelos-3 lamore-di-colonia-foto-augusto-vasconcelos-4 lamore-di-colonia-foto-augusto-vasconcelos-6 Novo roteiro de turismo rural reúne alegria e gastronomia no interior de Carlos Barbosa

 

Convite para dar uma pausa no dia a dia agitado dos centros urbanos, a rota L’Amore Di Colonia é um verdadeiro retiro localizado no interior de Carlos Barbosa. Localizado na comunidade de Santo Antônio de Castro, a 15 quilômetros do centro do município, o roteiro reúne nove pontos de visitação que permitem quebrar a rotina e sentir o aconchego da vida no campo.

 

A imersão começa no trajeto até a colônia, quando os guias dividem relatos sobre a história da imigração italiana para a Serra Gaúcha, a formação da comunidade, em 1882, e características culturais da região, que hoje reúne 110 famílias. Na chegada ao roteiro, a delicada dança das árvores embaladas por um vento livre prenuncia a paz que o passeio oferece. “Nossa intenção é destacar o turismo rural na região, valorizando os diferenciais das famílias e proporcionando um novo atrativo para a Serra Gaúcha”, ressalta o presidente Associação do Comércio, Indústria e Serviços (ACI) de Carlos Barbosa, Fabiano Paloschi Ferrari.

 

Em cada um dos nove pontos de visitação que compõem o L’Amore Di Colonia, os turistas são recebidos pela calorosa hospitalidade de famílias que dividem suas histórias de vida, particularidades de suas propriedades e lares repletos de calmaria e bem estar, refletindo o amor pela terra onde vivem e cultivam. “O nome do roteiro tem tudo a ver com o que existe na comunidade, porque as pessoas sentem muito amor e carinho pelo lugar”, explica o instrutor do Senar-RS, Erich Ramm.

 

Caffè Di Elena

Carinho, tranquilidade e um delicioso café da manhã com produtos típicos da região, produzidos na propriedade ou por vizinhos, garantem que os turistas comessem o dia com as energias renovadas. Também é possível passear pelo pomar e conferir de perto variedades como pêssego, caqui e laranja.

 

Cantinho da Ilva

Um local que reserva aromas e sabores únicos, derivados da produção de geleias artesanais, muitas delas feitas a partir de frutas orgânicas. Os visitantes assistem a uma demonstração do processo de elaboração das geleias, preparadas em fogão a lenha, e também podem degustar e adquirir os 20 sabores disponíveis.

 

Igreja velha

A igreja da comunidade, fundada em 1916, é carinhosamente chamada de “Igreja Velha” pelas famílias. Tombada como patrimônio histórico municipal em 2003, a capela atendeu a comunidade até a nova igreja ser inaugurada, em janeiro de 1980, e é preservada em homenagem aos antepassados.

 

Rancho Andreola

Espaço típico da cultura gaúcha, o local é um convite para apreciar um bom chimarrão e vivenciar como uma família unida pode trabalhar em conjunto no cuidado com os animais locais. O espaço também oferece degustação e venda de licores e artesanatos.

 

Chácara do Nono Toni

Um local marcado pela fé, com a tranquilidade necessária para quem aprecia momentos de descanso e meditação, especialmente no quintal, onde está a gruta construída em homenagem a Nossa Senhora Aparecida. A chácara é o ponto de visitação onde o almoço é servido, com um cardápio que tem gostinho de comida caseira, servido com gentileza e temperado com hospitalidade.

 

Carpenteria Dino

Um lugar que reúne lembranças e artes conservadas há 35 anos. Leonardo, o porta-voz, conta a história de trabalho do pai, que produzia peças de madeira, especialmente as pipas para conservação de vinhos, mas também aberturas e móveis.

 

Colônia de Severino

Este é um local onde a natureza se apresenta com pureza e exuberância. A receptividade da família contagia com música, canto e sorrisos largos. O principal atrativo é uma trilha em meio à natureza, com uma bela cascata esperando pelos aventureiros, que podem apreciá-la do deck e até mesmo sentir o frescor da água pura.

 

Porão da Amélia

Neste singelo local, os turistas podem perceber como a cultura dos antepassados está viva entre os moradores da comunidade. Quem recebe os visitantes é dona Olinda, que conta como a costura sempre esteve presente em sua vida. No local também é possível adquirir peças decorativas de artesanato.

 

Velho Casarão

Para finalizar o passeio, nada melhor que um “Merendim”, lanche típico dos imigrantes italianos. O casarão recebe com alegria, histórias do passado da família e, claro, uma mesa farta repleta de delícias coloniais, como salame, queijo, pão, bolo, suco, vinho e café.

 

O roteiro

A rota L’Amore Di Colonia foi desenvolvida no projeto Empreendedor Rural do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-RS), em parceria com a Associação do Comércio, Indústria e Serviços (ACI) de Carlos Barbosa e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Carlos Barbosa. O intuito do projeto é qualificar comunidades para desenvolver o turismo rural em diferentes regiões, originando novos roteiros turísticos na Serra Gaúcha e aumentando a renda das propriedades.

 

Visitação

Os agendamentos para visitar o roteiro L’Amore Di Colonia podem ser feitos pelos telefones (54) 3461.7201 e (54) 99692.5460 ou pelo e-mail lamoredicolonia@gmail.com, para grupos de no mínimo 15 pessoas. Mais informações também na fanpage facebook.com/LamoreDiColonia.

 

Fotos: Augusto Vasconcelos/ Conceitocom Brasil

Veja mais na Revista Receptiva

default-1

Hotelaria: cliente corporativo espera elevar padrão e manter preços em 2017

Diante do complicado cenário de 2016 na indústria hoteleira, o que esperar de 2017 nas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *