Home / Turismo / Invasão de turistas argentinos beneficia varejo do Rio Grande do Sul

Invasão de turistas argentinos beneficia varejo do Rio Grande do Sul

Presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch, destaca que cidades fronteiriças e do litoral norte gaúcho devem ter forte incremento econômico com a vinda dos hermanos

A combinação de preços mais baixos e praias com água quente e cristalina devem trazer cerca de dois milhões de turistas argentinos para o Brasil no verão 2017. Pelos cálculos da Embratur, a maior parte deste contingente deve se deslocar para Santa Catarina, mas o litoral gaúcho também receberá uma quantidade expressiva de visitantes do país vizinho.

A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul – FCDL-RS, estima que aproximadamente 90% dos turistas oriundos da Argentina devem ingressar no país pelas cidades fronteiriças de Uruguaiana e São Borja, para depois tomarem o rumo do litoral gaúcho e catarinense.

Na aduana de Uruguaiana, por exemplo, o número supera em mais de 40% o registrado no mesmo período do verão passado, o que acaba favorecendo o comércio local, especialmente hotéis, restaurantes e lojas que comercializam artigos de vestuário e calçados.

– A desvalorização do Real em relação ao Peso ajuda a atrair ainda mais turistas argentinos para o Brasil. Mesmo que a maioria opte por ir para Santa Catarina, é importante que os varejistas gaúchos estejam preparados para receber e atender bem estes clientes. Os que ingressam no país por via rodoviária acabam se transformando em potenciais consumidores não apenas nas cidades fronteiriças, mas também naquelas que fazem parte do trajeto que realizam até chegarem ao seu destino – lembra o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.

Os argentinos que escolhem passar suas férias no Rio Grande do Sul preferem as praias de Capão da Canoa e Torres, sendo responsáveis por mais de 60% da ocupação dos leitos dos hotéis destas cidades litorâneas. Mesmo que a permanência não seja maior do que o período de sete dias, isso já ajuda a melhorar a temporada de verão dos estabelecimentos do litoral norte gaúcho.

Ainda que a fama de compradores compulsivos acompanhe os argentinos por onde andam, o presidente da FCDL-RS recomenda que os lojistas procurem cativar os turistas com o melhor atendimento possível, e, quem sabe, ofertando alguns benefícios como descontos, especialmente no caso de hotéis e restaurantes. Geralmente os turistas possuem famílias numerosas e um desconto em estadia e alimentação ajuda a atrair e fidelizar esses consumidores.

Os turistas oriundos do Mercosul que ingressam no Rio Grande do Sul são oriundos, em sua grande maioria (70%) da Argentina, seguidos pelos uruguaios (20%) e paraguaios (10%).

Redação: César Moraes
Coordenação: Marcelo Matusiak

Veja mais na Revista Receptiva

Temporada 2018 do Tierra Chiloé Hotel & Spa, no Chile, tem pacote especial

Viajantes encontram oferta em agências de viagem parceiras da rede Na cidadezinha de Castro, arquipélago ...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: