Home / Variedades / Diversidade na programação marca a 3ª Feira de Oportunidades

Diversidade na programação marca a 3ª Feira de Oportunidades

Cases de sucesso dos mais variados segmentos atraíram milhares de pessoas a Carlos Barbosa

Brinde de Encerramento- Foto: Maíla Facchini
Brinde de Encerramento- Foto: Maíla Facchini

 

Com programação diversificada e participação de diferentes públicos, a terceira edição da Feira de Oportunidades de Negócios, realizada pela Associação do Comércio, Indústria e Serviços (ACI) de Carlos Barbosa, em parceria com o Sebrae-RS e a Associação de Cultura e Turismo de Carlos Barbosa (ACT/CB), encerrou no domingo, 20 de março, contabilizando três mil visitantes e mil atendimentos. No decorrer dos quatro dias do evento, realizado no Salão Paroquial de Carlos Barbosa, palestrantes e orientadores se reuniram para apresentar as múltiplas possibilidades do empreendedorismo.

Clóvis Dalcin - Foto: Maíla Facchini
Clóvis Dalcin – Foto: Maíla Facchini

Durante a solenidade de encerramento, realizada na noite de domingo, o presidente da Feira de Oportunidades de Negócios 2016, Clovis Dalcin, mostrou-se otimista em relação ao desempenho do evento. “A contagem indica que tivemos cerca de três mil visitantes, com mil atendimentos. Desses números, sabemos que quem passou por aqui saiu com algum aprendizado que pode fazer a diferença na hora de empreender, como a importância de investir na equipe, planejar, pensar na marca, valorizar o marketing e se posicionar nas redes sociais”, destacou Dalcin.

O presidente da Associação do Comércio, Indústria e Serviços (ACI) de Carlos Barbosa, Fabiano Paloschi Ferrari, salientou que a Feira de Oportunidades de Negócios estimula os visitantes a terem coragem. “Entramos em contato com alguns participantes das edições anteriores e só tivemos retorno positivo. Acredito que neste ano, mais uma vez, auxiliamos empresários e futuros empreendedores a terem sucesso em seus negócios”, pontuou Ferrari.

Assim como Ferrari, a secretária de Indústria, Comércio e Turismo de Carlos Barbosa, Jéssica Dalcin Andrioli, representando o prefeito do município, Fernando Xavier da Silva, acredita que a feira se consolida a cada edição. “Podemos observar que a feira vem se aprimorando ao longo destes três anos, apresentando oportunidades de fortalecimento dos negócios”, considera a secretária.

Para o técnico regional do Sebrae na Serra Gaúcha, Paulo Sérgio Wichmann, o evento mostra caminhos e chances para que os empresários procurem suporte para crescer. “Quem nos procura tem a preocupação de que seu negócio seja duradouro. Para tanto, é preciso buscar ferramentas, suporte e orientação como os que a Feira de Oportunidades disponibiliza”, completa Wichmann.

Programação

Paralelo aos atendimentos nos estandes, a programação da feira apresentou palestras, seminários e rodas de conversa com empresários que são cases de sucesso na região, dividindo suas experiências e dicas com os participantes. Na noite de quinta-feira, 17, a palestra master com o diretor presidente da Todeschini S/A, João Farina Neto, foi um momento para os ouvintes conhecerem alguns dos desafios existentes no setor empresarial.

O seminário de turismo, apresentado na tarde de sexta-feira, 18, reuniu convidados que são referência em empreendedorismo no setor turístico da Serra Gaúcha. Na sequência, o seminário de crédito coordenado pelo Sebrae orientou os participantes sobre assuntos como linha de crédito mais apropriada para cada empreendimento, financiamento, empréstimo e condições de pagamento.

A roda de conversa sobre os 40 anos da ACBF e o happy hour com jovens empreendedores, no sábado, 19, mostraram a diversidade na programação da Feira de Oportunidades deste ano, que abordou o empreendedorismo no esporte e mostrou que é possível se arriscar no mundo dos negócios desde cedo.

No domingo, 20, o chá da tarde com mulheres empreendedoras reuniu empresárias de diferentes setores, que mostraram as percepções femininas de estar à frente dos negócios. Encerrando a programação, foi apresentado o case dos Canarinhos de Carlos Barbosa, grupo de coral infantil que é exemplo de empreendedorismo social. De exibições locais à participação em festivais, os Canarinhos colecionam memórias de sucesso e histórias de amizade.

A programação também contou com a participação do food truck Cozinha de Natureza, que serviu opções de comida saudável, da unidade móvel do Centro Cultural Sesi, que disponibilizou diversas obras literárias, inclusive audiolivros e livros em braile, e da Biblioteca Interativa Sebrae (BIS), que ofereceu acesso a livros digitais.

Veja mais na Revista Receptiva

dsc_9169

“Passarela do Bem”: um show de solidariedade

A Rota de Compras, em realização conjunta com a Associação de Pequenas e Médias Empresas ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *