Home / Turismo / Cuiabá – Santuário do Brasil.

Cuiabá – Santuário do Brasil.

A capital mato-grossense é ponto de partida para chegar à Chapada dos Guimarães, a 69 km de distância, e ao Pantanal Norte. Essa proximidade se reflete em seus vários restaurantes, que servem rodízio de peixes pantaneiros, e na melhor casa da cidade: o dois-estrelas Mahalo, que usa ingredientes regionais em receitas de base francesa. Cuiabá sofre com a lentidão nas principais avenidas nos horários de pico, o que poderá ser reduzido se obras viárias, como a do Veículo Leve Sobre Trilhos, forem concluídas. Prevista para março de 2014, a entrega do VLT foi empurrada para 2015. Atenção: o fuso horário do Mato Grosso tem uma hora a menos em relação a Brasília.

COMO CHEGAR

A BR-364, desde Goiás, e a BR-163, a partir de Mato Grosso do Sul, são os principais acessos para quem vem de Brasília e das capitais do Sul e Sudeste. A BR-070 para Rondônia e a sequência da BR-163 para Santarém – esta com grandes trechos de terra no estado do Pará – ligam a capital mato-grossense aos estados da região Norte. O Aeroporto Marechal Rondon fica na vizinha cidade de Várzea Grande, a 8 km do Centro de Cuiabá, e recebe voos das principais capitais brasileiras. Uma corrida de táxi até o Centro custa, em média, R$ 46.

COMO CIRCULAR

a BR-364, desde goiás, e a BR-163, a partir de Mato Grosso do Sul, são os principais acessos para quem vem de Brasília e das capitais do sul e do sudeste. a BR-070 para Rondônia e a sequência da BR-163 para Santarém – esta com grandes trechos de terra no estado do Pará – ligam a capital mato-grossense aos estados da região Norte. O aeroporto internacional Marechal Rondon fica na cidade vizinha de Várzea Grande, a 8 km do Centro de Cuiabá, e recebe voos das principais capitais brasileiras. Uma corrida de táxi do aeroporto até o Centro custa, em média, R$ 45.

HOTÉIS

O crescimento do agronegócio e a escolha da cidade como uma das sedes da Copa do Mundo de 2014 fizeram crescer o número de hotéis nos últimos anos. Com perfil executivo, caracterizado por acomodações compactas e poucas áreas de lazer, eles devem ter os valores das diárias duplicados no período do evento esportivo. Depois, a expectativa é que a oferta de leitos puxe os preços para baixo.

ONDE COMER

Na cidade predominam receitas com pescados. A cena gastronômica concentra-se na região central, em Goiabeiras, Duque de caxias, Popular e Quilombo.

O QUE FAZER

Opções de lazer não são o forte de Cuiabá. Por isso, quem tem um tempinho a mais pode contratar os passeios de um dia para os principais destinos turísticos do estado. Num raio de até 170km da capital estão as cachoeiras e as grutas da Chapada dos Guimarães, os rios cristalinos de Nobres e a exuberância do Pantanal. A agência Interativa Pantanal (3023-8220) organiza passeios a partir de R$ 160 por pessoa.

PROGRAME-SE

Faz calor o ano inteiro, com termômetros batendo acima dos 30°C. Os meses de verão concentram as chuvas (que rareiam no inverno). Nos dias úteis, o público de negócios movimenta os hotéis.

(por Luiz Giannoni)

Veja mais na Revista Receptiva

Beto Carrero World participa da FIT 2017

Maior feira de turismo da América Latina reuniu em Buenos Aires mais de 90 pessoas ...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: