Home / Variedades / Cooperativa Vinícola Garibaldi inicia seletivas do 2° Gold Chef Brasil

Cooperativa Vinícola Garibaldi inicia seletivas do 2° Gold Chef Brasil

As primeiras finais ocorrem nos dias 24, 25 e 26 de outubro, no stand de vendas life park, em Canoas. Os demais selecionados cozinham de 20 a 30 de novembro, em Garibaldi

 

Gold Chef 2016
Foto: Cassius A. Fanti

As panelas já estão no fogo e as facas afiadas! Vai começar o 2° Gold Chef Brasil, realizado pela Cooperativa Vinícola Garibaldi. Os oito finalistas iniciam as seletivas nesta terça-feira, 24 de outubro, em Canoas. As três primeiras finais ocorrem nos dias 24, 25 e 26, em Canoas, com o apoio da Nex Group Incorporadora, com os finalistas Diana Bombassaro Carraro, Gustavo Eugênio Nichterwitz e Rodrigo Ferreira da Silva Barros, respectivamente.

Cada um dos oito selecionados irá cozinhar para um time de 30 jurados. Os outros cinco escolhidos irão preparar seus pratos entre os dias 20 e 30 de novembro, nas dependências da Cooperativa Vinícola Garibaldi. Conheça o perfil dos três primeiros selecionados e a expectativa pelo momento de colocar a mão na massa!

 

Os finalistas

A agricultora Diana Bombassaro Carraro, 51 anos, é natural de Garibaldi (RS). Sempre foi apaixonada pela cozinha e tem o gosto de modificar e criar novas receitas com um toque pessoal, além de releituras de pratos já conhecidos. Para o Gold Chef, as expectativas são grandes. “Acredito que este concurso, além de trazer uma nova experiência, abrirá portas na área da gastronomia. Quero agradar o paladar dos jurados”, frisa Diana.

Na noite do dia 24 de outubro, a finalista irá apresentar aos jurados um Capelletoni recheado com ricota e espinafre ao molho de gorgonzola e nozes. “A escolha do prato se deu em virtude de o mesmo fazer parte da cultura italiana, da qual sou descendente, e ser o preferido da família”, destaca. Se ganhar o Gold Cheff, Diana pretende colocar em prática o sonho de ter um pequeno restaurante no Vale dos Vinhedos, onde moro atualmente.

O produtor e DJ Gustavo Eugênio Nichterwitz, 25 anos, chega ao concurso com grandes pretensões. Natural de Barra do Ribeiro (RS), a paixão pela gastronomia vem de família. “Minha mãe teve confeitaria, pizzaria e trabalhou com cozinha boa parte da vida. Sempre tive contato, embora tenha começado a cozinhar tarde. O melhor professor é aquele que é exemplo não só dentro da cozinha, e nada melhor que a própria mãe pra fazer esse papel”, salienta Nichterwitz.

Para a noite de seletiva, 25 de outubro, o DJ irá cozinhar Lula no caldo de ragu, com farofa de pinhão e espuma de vinho branco e cogumelo salteado. “Sempre tive paixão em cozinhar peixes e frutos do mar, mas adquiri alergia a crustáceos e, com isso, comecei a trabalhar com moluscos, que tem uma textura diferenciada”.

Para o dia tão esperado, Nichterwitz está ansioso, pois nunca cozinhou para 30 pessoas, mas promete muito amor. Se ganhar, pretende se dedicar integralmente à cozinha, paixão mais verdadeira e sincera, segundo ele.

Rodrigo Huffel Brum, 39 anos, é natural de Canoas (RS) e sempre manteve uma intensa paixão pela cozinha. “Desde a infância, quando era escoteiro, assumia as panelas e preparava refeições para um grande número de pessoas. Aos 18 anos, comecei a transformar a paixão em estudos. Foi neste momento que tive os primeiros contatos com uma cozinha mais técnica e passei a produzir pratos de chef’s renomados”, conta.

Movido a desafios, o gaúcho acredita que o Gold Chef Brasil será uma excelente oportunidade para troca de experiências e crescimento profissional. No dia 26 de outubro, ele apresenta aos jurados um Talharim de erva-mate ao molho pesto de erva-mate. “Quero unir a tradição sulista ‘erva-mate’ com a gastronomia serrana ‘massa’”, explica.

Se ganhar o Gold Chef, Brum pretende se aprimorar cada vez mais na gastronomia.

 

O 2° Gold Chef Brasil

Os oito finalistas irão viajar com as despesas individuais de transporte e hospedagem pagas pela Garibaldi, para preparar sua receita ao vivo para um grupo de 30 jurados convidados. Como prêmio, os finalistas receberão um troféu e um kit especial de produtos da Cooperativa. O vencedor, que será anunciado oficialmente no dia 22 de janeiro de 2018, será premiado com um kit especial da Cooperativa Vinícola Garibaldi, troféu de campeão, um kit Chef Century com utensílios para cozinha e uma bolsa de estudos para realização do curso de Chef de Cozinha Intensivo da UCS em Flores da Cunha/RS em 2018. A 2ª edição do concurso conta com a parceria da Nex Group Incorporadora, do site Dica de Chef e da Escola de Gastronomia da Universidade de Caxias do Sul (UCS).

 

Mais informações nas redes sociais da Vinícola:

Facebook https://www.facebook.com/cooperativavinicolagaribaldi

Twitter  https://twitter.com/vingaribaldi

Instagram https://www.instagram.com/coopvinicolagaribaldi/.

E no site: www.goldchefbrasil.com.br.

 

Sobre a Cooperativa Vinícola Garibaldi  

Presente há 86 anos no cenário da vitivinicultura brasileira e com grande preocupação ambiental, a Garibaldi leva ao público um tradicional e moderno conceito de sustentabilidade, produzindo o melhor com respeito ao ecossistema e alinhado com a demanda de consumo, feito que resultou em inúmeras premiações no mundo inteiro. Atualmente, possui 370 famílias associadas, de 12 municípios gaúchos, responsáveis pelo cultivo de 900 hectares de vinhedos. Outras informações sobre a vinícola podem ser obtidas no site www.vinicolagaribaldi.com.br.

 

Veja mais na Revista Receptiva

Cooperativa Vinícola Garibaldi recebe duas medalhas de ouro no X Concurso do Espumante Brasileiro

Garibaldi Moscatel e Brut Rosé Pinot Noir foram reconhecidos com a premiação máxima na principal ...

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: