Home / Turismo / Presidente da Redetur analisa momento difícil da profissão agente de viagens

Presidente da Redetur analisa momento difícil da profissão agente de viagens

Executivo faz um raio x sobre a profissão, futuro e saídas para reverter queda além de ações da Redetur como a plataforma E-AGENTE .

f1416b90-9b71-4d99-b650-2e221ea828a3

Juarez Quinhones Barrozo é empresário do setor de agências de viagens há 36 anos, e presidente da Redetur S/A.

Em entrevista, ele fala sobre a carreira de agente de viagens que recentemente foi apontada como uma das carreiras que está em baixa.

Segundo levantamentos recentes a carreira de agente de viagens é uma das que está em baixa. O que os profissionais do setor precisam fazer para reverter este quadro, considerando que o consumidor busca cada vez mais soluções para viagens na internet?
No meu ponto de vista existe algumas justificativas que proporcionaram esta baixa na carreira de agente de viagens. São elas:
Atualização – os agentes de viagens não acompanharam a evolução das tendências mercadológicas.                                                                                                                                   Perfil reativo – a grande maioria trabalha no modo reativo, ou seja, espera o fato tendencioso acontecer.
Isolamento –, os agentes atuam como ilhas, isto causa enfraquecimento na rede distribuição das agências independentes. Em todos os setores da cadeia produtiva existe a tendência natural de se desenvolver monopólios para garantir melhores resultados e competitividade, eliminando assim os pequenos e médios com poder de distribuição restrito e menos competitivo.

O que fazer para reverter o quadro?
É preciso qualificação profissional: ser mais especialistas e menos generalistas. Assim se reduz o nível de concorrência e desenvolve-se melhor o foco do negócio.
Mudança de paradigma: Não vender viagens, proporcionar experiências de vida para o cliente. (Isto influenciará muito no processo desta mudança)
Segmentar/públicos: Se especializar em nichos específicos, isto facilita as ações de marketing e a fidelização dos clientes.
Usar mais as tecnologias: Conhecer, se aprofundar e utilizar as ferramentas tecnológicas a seu favor. Informar e vender online, usar muito as redes sociais profissionalmente.
Empregar o seu DNA: Criar produtos personalizados com diferenciais exclusivos, ser seletivo com fornecedores para implantar os seus padrões de qualidade.
Empreendedorismo: Investir, reconstruir, preparar sua agência de viagens para atender as novas necessidades e exigências do consumidor. Associar-se, unir-se, integrar-se em uma rede de agências de viagens confiável, que possa oferecer condições para obter resistência e força para crescer.

Como está o setor de agências de viagens no RS atualmente, a crise esta afetando ou existe crescimento?
Pelo que eu tenho observado com certa dificuldade. Porém crise só se supera com trabalho, criatividade e gestão inteligente. Os mais rápidos e competentes ganharão mercado, afinal a crise também serve para depurar o mercado. A grande maioria do trade é formado por pequenas e médias empresas, que tem dificuldade para fazer lastro financeiro, por isto momentos como este causam mais dificuldade administrativa. Alguns setores estão se mantendo, muito porque trabalham dentro de nichos pouco afetados pela crise econômica. Digamos, são os especialistas.

Pela sua experiência quais as medidas importantes a se tomar para combater a crise?
Choque de gestão. Reconhecer as dificuldades cada vez maiores para gerir uma agência de viagens independente, sabendo que distribuição desordenada não tem mais futuro. Por isto, buscar saídas através da unificação dos volumes para ganhar força de escala e consequentemente condições para ser mais competitivo.

A categoria é ou está unida?
Estou há 36 anos no setor, nunca senti a categoria unida como deveria ser.

Porque os agentes de viagens devem participar do FESTURIS?
O FESTURIS é o melhor evento profissional do turismo brasileiro, participar é obrigação para qualquer profissional que queira ou esteja investindo em sua carreira. Trata-se de um evento formador, reconhecido internacionalmente, que atrai fornecedores do mundo todo vindo para expor e capacitar os profissionais presentes. O verdadeiro agente de viagens deve investir em sua carreira, por isto participar das palestras, das capacitações e da feira é essencial para o seu crescimento.

Quais as principais novidades e ações no mercado de agentes de viagens nos últimos anos?
Podemos dizer que até não se trata de novidade, porém o advento da internet mudou completamente o formato negocial entre agente de viagens e consumidor, atualmente a informação esta disponível através de diversos canais, por isto o cliente esta menos dependente do agente de viagens. Isto provocou necessidade de adequações e mudanças bem radicais nas agências. As mídias sociais sacudiram o formato de relacionamento com o cliente, o marketing mais eficiente é através destas mídias. A venda online é uma realidade, não se admite mais que um cliente entre em uma agência e não saia com todas as informações e até com a viagem emitida.

Desde a criação da Redetur foram alcançados os objetivos de melhores negociações, capacidade de distribuição; marketing e comunicação potencializados; soluções em capacitação, padronização, novas tecnologias, rentabilidade e vendas?
Com certeza! Eu costumo dizer que a partir da criação da Redetur em 2005 o mercado de Agências de Viagens obteve um upgrade, já que antes disso as empresas não dispunham de negociações tão boas. Este benefício serviu para todas as agências, não só para as participantes do sistema Redetur. O formato foi e é muito inovador porque trabalha para gerar soluções empresariais em todas as suas áreas, reposicionando conceitos e implantando uma nova cultura profissional possibilitando ganhos efetivos através do direcionamento da distribuição do grupo de agências.
Atualmente nossas ações estão muito focadas para a implantação da Plataforma E-AGENTE que permitirá condições de integrar soluções de pesquisa, reservas, emissões e gestão de atendimento em uma única ferramenta. Além disso, esta implantação nos permitirá redefinir todo o nosso sistema operacional e comercial, gerando condições para que os produtos ofertados possam ser muito mais competitivos, proporcionando às agências resultados muito mais efetivos.

Gostaria de fazer alguma colocação para finalizar?
Somos agentes de viagens, vivemos do resultado das nossas empresas, por isto temos como compromisso a construção de um modelo moderno e vencedor de agência de viagens. ¨A união de inteligências ganhadoras provoca resultados transformadores para os nossos negócios e para as nossas vidas.¨

Veja mais na Revista Receptiva

299956_660411_foto_1_web_

Férias e relax em um dos melhores parques de águas termais do país

Piratuba, no Oeste catarinense, é o destino ideal para quem busca tranquilidade nas férias; e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *