Turismo

Cidade de Montevidéu trabalha para aumentar fluxo de Turistas brasileiros

Capital do Uruguai tem diferenciais significativos: facilidade de acesso por ar, mar e terra, preço competitivo para serviço de qualidade, rede hoteleira com atendimento premium, infraestrutura urbana padrão Primeiro Mundo, sistema de segurança por câmeras, pontos de wi-fi gratuito…

Cidade de Montevidéu: captando visitantes em todo o Brasil

Aumentar o fluxo de visitantes brasileiros para a Cidade de Montevidéu, a capital do Uruguai. Esse foi o objetivo de uma equipe de profissionais da Prefeitura daquele Município, enviada à edição deste ano da Feira Internacional de Turismo da Cidade de Gramado — Festuris 2019.

No comando da missão, Oscar Curutchet, diretor geral do Departamento de Desenvolvimento Econômico. Baseado no belo e espaçoso estande daquela nação no evento, liderou os contatos de sua equipe com agentes, operadores, influenciadores digitais, jornalistas especializados…

Em entrevista exclusiva a este site, delineou parâmetros retratando a realidade do Turismo em seu País e na comunidade por ele representada, resumiu os diferenciais capazes de levar mais estrangeiros à sua terra e detalhou todo o trabalho então sendo desenvolvido na Serra Gaúcha.

— A vinda de turistas do exterior tem se mantido em crescimento, tanto por todo o Uruguai quanto em sua capital, a Cidade de Montevidéu. Isso, apesar das diversas crises econômicas assolando alguns dos nossos principais emissores, como são os casos de Argentina e Brasil.

Aumentar o fluxo de visitantes brasileiros para a Cidade de Montevidéu, a capital do Uruguai. Esse foi o objetivo de uma equipe de profissionais da Prefeitura daquele Município, enviada à edição deste ano da Feira Internacional de Turismo da Cidade de Gramado — Festuris 2019

Cidade de Montevidéu: multiproduto em termos de Turismo

Oscar Curutchet justifica essa sustentabilidade a partir de diferenciais do país e da sua capital: facilidades de acesso por ar, mar e terra; preços competitivos para serviços de qualidade; rede hoteleira com atendimento premium; elementos de infraestrutura padrão de Primeiro Mundo…

— Montevidéu, em particular, resume tudo isso, além de ser segura, tranquila, praticamente livre de congestionamentos de trânsito, praias com qualidade de água certificada, pontos de wi-fi gratuito, gastronomia premiada, forte movimentação cultural constante e muito mais.

A cidade está trabalhando o Turismo segundo um enfoque único para todas as plataformas de mídia. Trata-se do “Descubra Montevidéu”, expresso em guias turísticos em versão impressa ou PDF, vídeo institucional distribuído fisicamente ou por canais de Web, painéis de rua etc.

— Montevidéu é multiproduto, em termos de Turismo: culinária, cultura, evento, história, jogo, lazer, náutico, negócio, Melhor Idade, vinho, até mesmo rural. Tudo num ambiente primando por acessibilidade e sustentabilidade e explorado segundo processos de inteligência.

A Cidade de Montevidéu, além de ser metrópole muito segura, tranquila e praticamente livre de congestionamentos de trânsito, tem praias com qualidade de água certificada, pontos de wi-fi gratuito, gastronomia premiada, forte movimentação cultural constante e muito mais

Cidade de Montevidéu: 300 anos de história, muita qualidade de vida

Capital com melhor qualidade de toda a América Latina desde 2017, caminha para completar 300 anos. Fundada em 1724, pelo militar espanhol Bruno Maurício de Zabala, consolidando o domínio da Espanha na Bacia do Rio da Prata, Oscar Curutchet ressalta a trajetória da cidade.

— Durante estes três séculos, acumulou um patrimônio de edificações capazes de retratar sua trajetória desde seu início de simples vila até tornar-se um conglomerado urbano cosmopolita admirado por todo o mundo. Se nasceu em tempos de guerras, agora mostra-se capital da paz.

Acumula distinções positivas, vindas das mais importantes organizações do mundo. É descrita como lugar vibrante e eclético, com rica vida cultural e próspero centro tecnológico de cultura empreendedora. É a primeira na América Latina e quinta do planeta no quesito gay friendly.

— Esse é dos pontos fortes do nosso planejamento na atração de visitantes. Além de expressar a aceitação da diversidade por nossa população, o Turismo Gay Friendly mostra-se ótimo em termos de negócios. É dos mais rentáveis, competindo em igualdade com Eventos e Negócios.

A Cidade de Montevidéu acumula distinções positivas, vindas de importantes organizações do mundo. Descrita como vibrante e eclética, rica em vida cultural, centro tecnológico de cultura empreendedora, é a primeira na América Latina e quinta do planeta no quesito gay friendly

Cidade de Montevidéu: inovadora categoria do Turismo Idiomático

Sediando o principal porto do país, tornou-se o maior centro de comércio exterior e lidera na prestação de serviços financeiros no Uruguai. Montevidéu destaca-se, também, na oferta de ensino superior, situação a qual a levou a criar categoria inovadora no Turismo: Idiomático.

— Nesse segmento, vamos além do intercâmbio tradicional, principalmente com adolescentes vindo para casas de família. Adultos investem em programas de imersão, e não somente para aprender o Espanhol. A grade de oferta de ensino de idiomas está em crescimento continuado.

A participação do Turismo na formação do Produto Interno Bruto — PIB do Uruguai, e da Cidade de Montevidéu, em particular, a cada ano, torna-se mais significativa. Tanto a nação como sua capital querem aproveitar esse bom momento para catapultar ainda mais o setor.

— Durante bastante tempo, o Turismo em Montevidéu foi muito centrado na área de Cidade Velha, com seus edifícios antigos, museus, galerias de arte e discotecas. Isso passou. Agora, todo o tecido urbano é aproveitado. Há atrativos até mesmo pela Zona Rural do Município.

A participação do Turismo na formação do Produto Interno Bruto — PIB do Uruguai, e da Cidade de Montevidéu, em particular, a cada ano, torna-se mais significativa. Tanto a nação como sua capital querem aproveitar esse bom momento para catapultar ainda mais o setor

Cidade de Montevidéu: tranquilidade para se fazer Turismo a pé

Oscar Curutchet não descarta a importância dos pontos tradicionais de visitação: Avenida 18 de Julho, Mercado del Puerto, Palácio Salvo, Plaza Independencia, Rua Sarandí, Teatro Solís etc. Mas chama atenção para aqueles mais modernos, tão interessantes quanto os antecessores.

— Queremos todos circulando por nossa cidade. Para isso, oferecemos variadas soluções de mobilidade: moderno sistema de transporte coletivo por ônibus, serviço de compartilhamento de bicicletas e sistema de segurança por câmeras, permitindo tranquilidade para se andar a pé.

Essa última opção é muito facilitada pela integração da inteligência artificial aos mecanismos de informação sobre Turismo. Além do aplicativo para dispositivos móveis, o visitante conta com modernos displays com telas touch screen, disponíveis nos pontos de interesse turístico.

— Se a pessoa preferir, pode usar guias e mapas impressos. Entretanto, as opções em modelo digital são a bola da vez, notadamente entre os mais jovens. Como as zonas de wi-fi gratuito, não há necessidade de se consumir roaming, planos de dados. É acessar e navegar sem custos.

A Cidade de Montevidéu quer o turista circulando por toda a área urbana. Para isso, oferece variadas soluções de mobilidade: sistema de transporte coletivo por ônibus, compartilhamento de bicicletas e sistema de segurança por câmeras, permitindo tranquilidade para se caminhar

Cidade de Montevidéu: duas versões para a origem da denominação

Ao final da entrevista, abordei tema interessante em relação a Montevidéu, desconhecido até por moradores locais. Trata-se da denominação pela qual a cidade é mundialmente conhecida. Qual o significado de um nome tão singular? O resultado da conversa está resumido a seguir:

Existem duas as versões a respeito da origem do nome Montevidéu, termo sem expressão em qualquer idioma. Uma se baseia nas informações contidas em páginas do diário de navegação da expedição de Fernão de Magalhães. Ele viajou pelo litoral do Uruguai em janeiro de 1520.

Registram a existência de elevação, assemelhada a chapéu, à direita de quem navega de Leste para Oeste. Está identificada como “Monte Vi Eu, por Francisco de Albo, o contramestre da esquadra. É o mais antigo documento em espanhol mencionando nome similar a Montevidéu.

A outra, apesar de não ter base em documentos históricos, é mais difundida. Navegando pela primeira vez junto ao litoral do Uruguai, no estuário do Rio da Prata, de Leste a Oeste, ia-se desenhando um mapa e anotando-se algumas características físicas do terreno, como montes.

Estes eram classificados um a um, da seguinte forma, usando-se algarismo romanos para sua individualização: “Monte I d’E/O” — ou seja: “Monte um de Este para Oeste”. A lista foi crescendo: “Monte II d’E/O”; “Monte III d’E/O”; “Monte IV d’ E/O”; “Monte V d’E/O”…

Passado algum tempo, alguém, revendo o trabalho, percebeu a silabação da expressão “Monte VI d’E/O”: monte-vi-deo. A descoberta encantou a todos no navio. Não demorou, era adotada pela frota, colônias e Espanha. Assim, passou a denominar a cidade fundada naquele ponto.

A Cidade de Montevidéu diferencia-se até mesmo na origem de sua denominação. Há duas versões para seu nome, ambas surgidas na época das navegações por caravelas, quando as informações sobre as rotas marítimas eram anotadas de modo rústico em diários de bordo

Cidade de Montevidéu: imagens de um destino turístico singular


O post “Cidade de Montevidéu trabalha para aumentar fluxo de Turistas brasileiros” foi produzido, por João Zuccaratto, jornalista especializado em Turismo baseado na Cidade de Vitória, a capital do Estado do Espírito Santo, com apoio do Zermatt Hotel.

Clique nos trechos em colorido ao longo do post “Cidade de Montevidéu trabalha para aumentar fluxo de Turistas brasileiros” para abrir novas guias, com informações complementares ao aqui sendo tratado. Eles guardam links levando a conteúdos do próprio Turismoria, verbetes da Wikipedia e sites de empresas, entidades, Governos estaduais, Prefeituras etc.

O post “Cidade de Montevidéu trabalha para aumentar fluxo de Turistas brasileiros” pode apresentar erros. Se forem apontados, reeditarei o material com as correções.

Todas as fotos e imagens presentes no post “Cidade de Montevidéu trabalha para aumentar fluxo de Turistas brasileiros” têm origem identificada. Se o autor de algumas delas discordar do seu uso, basta avisar para ser substituída.

No post “Cidade de Montevidéu trabalha para aumentar fluxo de Turistas brasileiros”, a repetição de algumas expressões, como “Abav Expo Internacional de Turismo 2019”, é intencional. Elas são as principais palavras-chave dos conteúdos. Colocá-las várias vezes na postagem faz parte das técnicas de Search Engine Optimization — SEO, ou otimização para ferramentas de busca. Ajuda a destacar o trabalho na lista apresentada quando se pesquisa com BingGoogle ou Yahoo!.