Turismo

De morango a cachaça: explore o turismo gastronômico entre SP e MG

Não é preciso sair do país para experimentar novos sabores nos roteiros de turismo gastronômico. Na verdade, não é preciso nem pegar um avião: usando seu carro, você pode descobrir novas receitas ao longo do interior de São Paulo e do sul de Minas Gerais.

As sugestões, feitas pela concessionária Arteris S.A., estão distribuídas ao longo dos mais de 560 km da Rodovia Fernão Dias. Dos morangos de Atibaia até as cachaças mineiras, você terá a oportunidade de conhecer um pouco mais do turismo gastronômico em SP e MG.

1. Atibaia

Vsita aérea de Atibaia
Reprodução/Flickr/Caio Doll Turismo gastronômico: a cidade de Atibaia é famosa por seus morangos, bem como pelo Virado de Ervilhas

Começando pelo interior de São Paulo , uma região rica em opções para um bate e volta , a cidade de Atibaia é reconhecida pela sua produção de morangos e flores. A cidade tem até um festival para celebrar sua tradição nesses setores: a Festa das Flores e do Morango, realizado há mais de 30 anos no mês de setembro.

A melhor época para visitar a cidade, no entanto, é em julho. Nesse mês, você pode aproveitar o melhor dos derivados desse fruto, desde compotas até sorvetes. Outro destaque da culinária local é o Virado de Ervilhas, feito com ervilhas e farinha de milho branca, dentre outros ingredientes regionais.

No mapa acima, você pode conferir em azul a rota para chegar a Atibaia pela Fernão Dias saindo de São Paulo.

2. Joanópolis

Vista aérea de Joanópolis sob uma camada de neblina
Reprodução/Flickr/Décio Badari Turismo gastronômico: a cidade de Joanópolis irá imergi-lo na cultura culinária tropeira do interior de São Paulo

A segunda e última parada em São Paulo antes de falar das opções no sul de Minas Gerais é Joanópolis. A pequena cidade, com pouco mais de 12 mil habitantes, oferece uma imersão completa na cultura tropeira.

Dentre os pratos típicos para você experimentar no seu roteiro de turismo gastronômico estão a pururuca, o frango caipira e o feijão tropeiro. E para celebrar um pouco o folclore da “capital mundial do lobisomem”, vale experimentar a Galinhada do Lobisomem, feita no fogão a lenha e temperada com diversos ingredientes, inclusive açafrão e suco de limão.

A rota em azul no mapa acima mostra como chegar a Joanópolis a partir de São Paulo.

3. Extrema

Vista aérea da pequena cidade de Extrema, no Sul de Minas Gerais
Reprodução/Flickr/Leonardo Vicente Turismo gastronômico: a cidade de Extrema, no sul de Minas Gerais, é ideal para os amantes de cachaça

Saindo do interior de São Paulo e indo para Minas Gerais, a cidade de Extrema é uma opção indispensável para os apreciadores de uma boa cachaça mineira. Sua área rural tem diversos alambiques e cachaçarias, mas o destaque vai para um restaurante: o Armazém Bertolotti, um dos mais antigos da região.

Durante o mês de julho, você também pode aproveitar as atrações do Festival de Inverno Extremamente Caipira e do Festival Sabores da Roça.

Para chegar até este destino de turismo gastronômico saindo de Belo Horizonte, basta seguir a rota em azul no mapa acima.

4. Cambuí

Letreiro de entrada na cidade de Cambuí
Reprodução/Flickr/Carlos & Marli Marli Turismo gastronômico: Cambuí é famosa pelo Virado de Banana com Queijo, patrimônio histórico da cidade e de MG

Quando chegar a Cambuí, não deixe de experimentar o Virado de Banana com Queijo, um patrimônio histórico da cidade e do estado de Minas Gerais. Além de tradicional, ele é o favorito dos locais para o café da manhã ou o lanche da tarde, então não tem desculpa para não experimentá-lo.

E para aproveitar um pouco mais sua estadia na região, vale dar uma passada em Gonçalves para provar a Carne de Lata. A receita, preparada com carne de porco no fogão à lenha, pode ser saboreada no restaurante da Dona Vilma. No mapa abaixo, você pode ver como chegar a Cambuí saindo de Belo Horizonte:

5. Pouso Alegre

Vista aérea de Pouso Alegre
Reprodução/Flickr/Prefeitura de Pouso Alegre Turismo gastronômico: Pouso Alegre ficou conhecida pelo seu Pastel de Farinha de Milho, bem como pelo doce de leite

Outra cidade do sul de Minas Gerais para você experimentar num roteiro de turismo gastronômico pela Fernão Dias é Pouso Alegre. Aqui o prato indispensável é o Pastel de Farinha de Milho, feito com uma massa bem fininha e recheado com angu. 

Também vale experimentar o doce de leite pousoalegrense, tido como um dos melhores do estado. Para chegar até a cidade saindo de Belo Horizonte, basta seguir a rota em azul no mapa abaixo:

6. Três Corações

Vista parcial do horizonte de Três Corações
Reprodução/Facebook Turismo gastronômico: quando estiver em Três Corações, aproveite e estique a viagem até a vizinha Cruzília

Distanciando-se ainda mais do interior de São Paulo, o roteiro chega a Três corações, terra natal do Rei Pelé. Enquanto passar um tempo na cidade, vale experimentar o frango caipira e a leitoa ou a linguça caseiras, especialidades do restaurante Venda do Chico, que é tradicional na cidade.

Assim como você pode ir de Cambuí para Gonçalves, você pode extender a viagem até Cruzília, casa do premiado queijo Santo Casamenteiro.

No mapa acima, você encontra a rota para Três Corações com saída de Belo Horizonte.

7. Itaguará

Vista aérea de Itaguará
Reprodução/Facebook Turismo gastronômico: a cidade de Itaguará incorpora o melhor da culinária típica do estado de Minas Gerais

Por fim, o roteiro chega a Itaguará, cidade que proporciona uma verdadeira imersão na cultura gastronômica mineira. Lá, você encontrará produtores de doces, queijos e cachaças de portas abertas para os turistas. O Alambique da Cachaça Asa Branca, por exemplo, disponibiliza visitas guiadas, degustação e venda de seus produtos.

Para quem gosta dos queijos mineiros, vale experimentar os produtos derivados do leite de cabra na Fazenda Capril Santa Cecília. E para encerrar, nada como uma passada no Sítio do Paraíso para provar saborosos doces de frutas. Para chegar a té lá saindo de BH, basta seguir a rota em azul no mapa abaixo.

Com isso, está completa a sugestão de turismo gastronômico pelos estados de São Paulo e Minas Gerais, sem nem precisar pensar em sair do país ou pegar um avião para lugares distantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *